Qua, 25/04/2018 | Atualizado em: 25/04/2018 às 05h00

Geddel Vai rolar o habeas corpus?

Das agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Preso há sete meses e meio acusado pelo crime de lavagem de dinheiro e associação criminosa, o ex-ministro Geddel Vieira Lima terá seu habeas corpus julgado no dia 8, na Segunda Turma da corte, tendo como relator o ministro Edson Fachin. A mãe dos políticos, Marluce Vieira Lima, o empresário Luiz Fernando Machado da Costa Filho e os ex-secretários parlamentares Job Ribeiro Brandão e Gustavo Pedreira do Couto Ferraz também são alvo da ação. A defesa dos acusados alegou ainda que as três buscas e apreensões realizadas ao longo das investigações não são válidas. Segundo a Polícia Federal, parte do dinheiro seria resultante de um esquema de fraude na liberação de créditos da Caixa no período entre 2011 e 2013, quando Geddel era vice-presidente da instituição.

Sua defesa sustenta que a origem dos R$ 51 milhões são da "simples guarda de valores em espécie". Informam também que, os valores são fruto de "investimentos no mercado".