Plantão

Sáb, 21/04/2018 | Atualizado em: 21/04/2018 às 05h01


Plantão

Baiano viajava pra furtar em Sergipe

Euzeni Daltro
A+ A-

Durante mais de quatro anos, Moisés Carneiro Sacramento, 42 anos, o Joalheiro, saía da Bahia para furtar joias, relógios e dinheiro em imóveis de luxo na cidade de Aracaju, em Sergipe. Ele foi preso, na tarde de quinta-feira (19), por equipes do Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri) da Polícia Civil daquele estado, por força de um mandado de prisão preventiva, cumprido na cidade de Milagres, na Bahia.

"Ele vinha a Aracaju apenas para furtar e retornava normalmente para a Bahia, que era o seu ponto de apoio", afirmou a delegada Juliana Alcoforado, responsável pelas investigações que resultaram na identificação e captura de Moisés.

O suspeito era conhecido pela habilidade em invadir os imóveis e furtar os objetos sem deixar rastros. Com isso, as vítimas só percebiam o furto dias depois.

Ao tomar conhecimento de novos crimes praticados por Moisés em Aracaju, a delegada pediu à imprensa local que divulgasse a imagem dele e pediu à população que passasse qualquer informação que pudesse levar a polícia ao paradeiro de Moisés. Uma denúncia anônima enviada pelo Disque Denúncia levou os policiais ao esconderijo do suspeito, uma casa no bairro de Santos Dumont.

As equipes do Depatri identificaram o imóvel, mas Moisés não estava mais lá. Pela brecha da porta, os policiais perceberam que algumas coisas haviam sido deixadas na casa.