Sex, 20/04/2018 | Atualizado em: 20/04/2018 às 15h33

Lula preso Nobel da Paz é barrado

das agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Não estão facilitando para o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva na cadeia. Ele, que está preso desde o dia 7 de abril na sede da Polícia Federal de Curitiba, condenado pela Operação Lava-jato, já teve vários pedidos de visitas à sua "cela especial", recusados pelo Ministério Público Federal. Segundo o órgão, Lula não deve ser considerado um "preso diferenciado" só pelo fato de ser ex-presidente. Sequer pode ter seus horários de visita especiais, fora do padrão. Os pedidos estão sendo feitos por parlamentares e apoiadores à justiça Federal, analisados e a maioria negada.

Até o tão esperado Nobel da Paz, o argentino Adolfo Pérez, que veio junto com o teólogo Leonardo Boff, foi barrado pela polícia tentando fazer uma visita ao ex-presidente. Eles chegaram a entrar na Superintendência da PF, mas não conseguiram chegar ao presidente. Pérez, que já está com viagem marcada para hoje, se encontra no acampamento da militância aguardando a liberação da sua entrada pela justiça. Será que vai dar tempo?