Edição do dia
Qui, 12/04/2018 | Atualizado em: 12/04/2018 às 05h00

Chifrada de Vaca

Tiago Lemos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

tiagolemos@grupoatarde.com.br

O time reserva do Bahia perdeu para o Blooming por 1 a 0, ontem, na Bolívia, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana. Dos titulares do último Ba-Vi, apenas o goleiro Douglas atuou em Santa Cruz de la Sierra.

A equipe da casa mostrou bastante fragilidade, mas a bola do Tricolor também não esteve cheia no primeiro duelo internacional do clube em 2018.

Muitos vão dizer que uma sirene oriunda da torcida pode ter atrapalhado os jogadores do Esquadrão. Toda vez que o Blooming atacava, o som barulhento ecoava da arquibancada.

Acreditar nisso, por outro lado, é bobagem. A lentidão de atletas como Mena e Allione, pelo lado esquerdo, além da inoperância de João Pedro – aliada ao ineficiente futebol de Élber – pela direita é que foram ruídos para o torcedor azul, vermelho e branco.

Com isso, quem entrou em cena foi Douglas. Aos 17 minutos, Leonardo Vaca ganhou de Becão e chutou da grande área, mas o goleiro salvou. No minuto seguinte, Joselito Vargas recebeu livre na direita e chutou à direita do arqueiro tricolor, para fora.

Aos 37, o Bahia teve a melhor chance do primeiro tempo: Régis deixou Júnior Brumado na cara do gol, mas o centroavante bateu rasteiro e Hugo Suárez defendeu. Logo depois, o Blooming devolveu: Douglas espalmou cabeceio de Leonardo Vaca.

Logo no início da segunda etapa, Brumado demorou a se decidir no contra-ataque, mas cruzou bem para Élber. Mesmo livre, o atacante cabeceou mal e facilitou a vida de Hugo Suárez. Logo depois, Régis fez bela jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Élber, que tocou na bola e não deu sorte: a defesa afastou o perigo.

Aos cinco minutos, a piada pronta da partida: gol de Vaca. Após cruzamento da esquerda, Grolli não afastou, Leonardo Vaca chegou primeiro que Mena e tentou de cabeça, mas Douglas fez boa defesa. Na sobra, o próprio Vaca, quase sentado, tentou de novo de cabeça e acertou o alvo: 1 a 0.

O jogo da volta só será disputado no dia 8 de maio, na Fonte Nova. Qualquer triunfo por dois gols de vantagem classifica o Bahia – 1 a 0 leva para os pênaltis. Agora, porém, o Esquadrão pensa na estreia pela Série A. Domingo, às 16h, pega o Inter no Beira-Rio.