Edição do dia
Sáb, 07/04/2018 | Atualizado em: 07/04/2018 às 05h00

Mussurunga 'Queremos a fanfarra de volta', clamam alunos

Davi Fonseca*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Com amizade, aprendizado e motivação, alunos da Escola Estadual Raul Sá, em Mussurunga, participavam de uma fanfarra desde 2016. A FANRAUS, como é chamada a banda, nasceu como uma proposta pedagógica para incentivar o desenvolvimento de cada aluno. Com o fim do benefício do programa Mais Educação, a instituição não pode manter as despesas básicas da banda.

A estudante do 8º ano, Fabiana de Alcântara, 14 anos, é dançarina da banda. Ela aponta o envolvimento com as atividades da fanfarra como responsável por seu desenvolvimento e encontra no grupo uma verdadeira família.

"Desde que entrei na banda pude perceber algumas mudanças em mim, no comportamento, modo de falar, modo de agir. Hoje minha tristeza é inexplicável, sinto muita falta", falou emocionada.

Para a mãe da aluna Naiara dos Santos Carmo, 15, a banda é um incentivo a mais para os alunos se dedicarem aos estudos. "A minha filha Naiara é muito interessada. Faz relatórios para o professor e gosta muito de tudo nas atividades. Não gostei da desativação da fanfarra", contou Elisângela Costa dos Santos, 43.

Rafael Lucas dos Santos, 28, é professor da banda e explicou o que motivou a revolta dos alunos. "O que causou a revolta dos alunos é que eles cumpriram as metas tendo 100% de aprovação e a banda teve que terminar", informou.

Até o fechamento desta edição a Secretaria da Educação do Estado da Bahia não respondeu ao jornal MASSA. Seguiremos cobrando!

*Sob supervisão da editora Brenda Ramos