Nas Ruas

Seg, 02/04/2018 | Atualizado em: 02/04/2018 às 05h00


Nas Ruas

Preju Roubo de fios custa R$ 500 mil ao ano

A+ A-

Cerca de quatro mil metros de cabos da rede elétrica foram furtados nos últimos três meses em Salvador, de acordo com registros da prefeitura. A principal busca de infratores é por redes subterrâneas nas grandes avenidas da orla marítima no período da noite. A ação criminosa causa danos avaliados em R$ 500 mil/ano para o Município, devido a gastos extras para reconstituição de materiais elétricos furtados.

A Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (Disp), vinculada à Secretária Municipal de Ordem Pública (Semop), em nota informou que o volume de material furtado nas grandes avenidas resultou no prejuízo de mais de R$ 80 mil aos cofres municipais.

Junior Magalhães, à frente da Disp, informou que cerca de R$ 50 mil são gastos por mês em obras e materiais para reconstituição dos serviços. Segundo ele, a maioria dos apagões são originados por furtos à fiação elétrica. "Já tivemos caso de um apagão em uma rede de 500 metros na orla. É um problema que envolve vários setores, como a sinalização de trânsito, a segurança da população, além do risco à própria pessoa que comete o furto", aponta.

A Semop relata que a maior parte dos furtos acontecem à noite, com maior incidência nas grandes avenidas e estações do metrô.

* Sob a supervisão do jornalista Luiz Lasserre