Qui, 01/03/2018 | Atualizado em: 01/03/2018 às 05h00

Mentor de estupro coletivo pega 100 anos

da redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Após a condenação a 100 anos e 8 meses em regime fechado por ser mentor de estupro coletivo de quatro adolescentes em maio de 2015, em Castelo do Piauí (a 189 km de Teresina), a defesa de Adão José de Sousa, 43 anos, recorreu da decisão do Tribunal do Júri ontem. De acordo com o defensor público Darcio Rufino as provas documentais do processo apontam para a não participação do réu no crime.

A condenação foi proferida por volta das 4h de ontem, após cerca de 14 horas de julgamento, do qual participou um júri formado por cinco mulheres e dois homens. O conselho de sentença entendeu que o réu participou do estupro e comandou quatro adolescentes que já cumprem medida socioeducativa.