Seg, 26/02/2018 | Atualizado em: 26/02/2018 às 05h00

Candyall e Tal leva 3 mil ao Candeal Pequeno

Vinícius Marques*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O Candeal Pequeno de Brotas se transformou em um grande palco multicultural a céu aberto neste último final de semana com a terceira edição do Candyall e Tal – Festival de Arte Urbana. O evento, encerrado ontem com shows de Carlinhos Brown, Iza e Baco Exu do Blues, contou, ainda, com participações de Margareth Menezes e João Nogueira, dentre outros artistas.

Além de apresentações musicais, a festa, que começou na sexta-feira (23), proporcionou aos presentes um leque de opções gastronômicas e de moda. Ao todo, 28 vendedores ambulantes e microempreendedores foram capacitados pelo Sebrae e cadastrados para comercializar produtos no evento.

Segundo a organização da festa, cerca de três mil pessoas visitaram o festival, sobretudo de fora do bairro, o que ajudou a potencializar e mobilizar a economia do local.

Iele Portugal, representante da marca Blackpim, que confecciona camisetas com temática afro-baiana, foi uma das expositoras. Esta foi a segunda vez que ela participou do evento. "Vim ano passado para curtir e eu adorei a festa", conta.

A professora Patrícia Figuereiro conhecia a fama artística do Candeal, mas nunca havia visitado o bairro. "Quando entramos, fomos surpreendidos com o som, bem característico. Já na entrada tem música. A vontade de ficar lá foi grande, mas a curiosidade de conhecer o espaço foi maior. Estou encantada", disse.

* Sob a supervisão da jornalista Hilcélia Falcão