Sáb, 24/02/2018 | Atualizado em: 24/02/2018 às 05h00

Dia D Força-tarefa para fazer a febre amarela sumir

Da Redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Uma ação para ampliar o combate à febre amarela vai acontecer no próximo sábado, 24, na capital baiana. O chamado "Dia D de vacinação" vai contar com 57 pontos como a Estação da Lapa e a Rodoviária ofertando a imunização de forma gratuita, das 8 às 17h. A campanha segue até o dia 9 de março.

Este ano, 78 mil pessoas foram imunizadas na capital, totalizando uma cobertura de 55%. Estima-se que pouco mais de 1,2 milhões de indivíduos ainda precisam se proteger contra a doença em Salvador.

A vacina fracionada será administrada em pessoas entre 2 e 59 anos que nunca foram imunizadas contra a doença. Crianças entre 9 meses e menores de 2 anos, pessoas com condições clínicas específicas (como pacientes com HIV/Aids) e viajantes internacionais continuarão a tomar a dose padrão.

Para evitar o desperdício de doses, a partir de segunda-feira (26) o imuno contra febre amarela será administrado em 42 unidades de referência espalhadas estrategicamente em todas regiões da cidade. O Ministério da Saúde alerta que a vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pa cientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas.