Plantão

Sáb, 24/02/2018 | Atualizado em: 24/02/2018 às 05h00


Plantão

Em Cosme Capenga sobra em confronto

Euzeni Daltro
A+ A-

O suspeito de ter assassinado o sargento da Aeronáutica Ricardo Cerqueira Dias, 43 anos, durante um roubo a ônibus, no último dia 7, na Avenida Bonocô, foi morto durante a operação Policarpo na madrugada de ontem, na localidade Baixa da Paz, no bairro de Cosme de Farias.

A operação foi deflagrada por equipes do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc) e da Operação Gêmeos com o objetivo de prender o suspeito, identificado como André Pereira Pimentel, 36, conhecido por Capenga.

O sargento foi baleado na cabeça após reagir à ação criminosa.

André respondia a oito inquéritos pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e homicídio e tinha um mandado de prisão em aberto, conforme a polícia.

O delegado Nélis Araújo, coordenador do Gerrc, afirmou que André morreu após ser baleado em troca de tiros com os policiais. Durante a tentativa de fuga, o suspeito atirou contra as guarnições em dois momentos e invadiu várias residências, segundo o delegado. André chegou morto ao Hospital Geral do Estado (HGE).

"Ele tinha por hábito atirar em policiais. Toda vez que via uma viatura, ele atirava e corria. Durante essa incursão não foi diferente", disse o delegado Nélis Araújo.