Viver Bem

Sáb, 24/02/2018 | Atualizado em: 24/02/2018 às 05h00


Viver Bem

Jatosde prazer

amanda souza*
A+ A-
p>

A ejaculação feminina acontece com a liberação de líquidos no momento ápice da relação sexual, o orgasmo. É nesse cenário que ocorre o 'squirting', que é quando a mulher 'esguicha' de tesão.

O 'squirting' surge através de uma contração mais intensa da vagina. É a partir daí que o líquido sai como se fosse um jato. Isso interfere também na intensidade do orgasmo, que é maior.

A especialista em sexualidade feminina Cátia Damasceno afirma que muitas mulheres confundem essa forma de ejacular com 'xixi' ou excesso de lubrificação. "O squirting sai como um jato, é possível perceber. Além disso, a coloração e o cheiro também podem esclarecer", explica.

A estudante Maria Carolina, 23, diz que já vivenciou a experiência. "Aconteceu poucas vezes, mas é uma sensação indescritível. É muito intenso mesmo. Meu parceiro se assustou na primeira vez, disse que 'foi atingido' pelo jato", lembra.

Por trazer uma sensação extremamente prazerosa, muitas mulheres buscam desenvolver habilidades para conseguir ejacular dessa forma. Segundo especialistas, dá para adquiri-las através de técnicas de fortalecimento vaginal, como o pompoarismo, que mistura contração e relaxamento do músculo vaginal.

A sensação, além de tudo, não precisa da penetração para ser alcançada. Basta que a mulher esteja excitada e seja estimulada pelo seu parceiro ou parceira. Use a criatividade!

* Sob a supervisão do editor-interino Tiago Lemos