Qui, 22/02/2018 | Atualizado em: 22/02/2018 às 10h48

Sem luz, jogo fica para hoje

JOÃO LUIZ SOUZA*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Cheio de modificações no time titular, o Vitória vencia o Jacuipense por 1x0 quando a partida foi paralisada por falta de energia elétrica no Valfredão, em Riachão do Jacuípe, aos 14 minutos do segundo tempo. O gol do Leão foi marcado ainda no primeiro tempo pelo lateral-esquerdo Pedro Botelho. A partida foi suspensa e vai ser reiniciada hoje, às 15h.

O Jacuipense não esperou muito para assustar o Vitória, no primeiro minuto do jogo, Thiaguinho saiu na cara de Caíque e tentou por cobertura, mas errou o alvo. Entretanto, o Leão do Sisal não conseguiu chegar mais ao ataque e pressionar o time da capital, terminou vendo o Rubro-Negro controlar bem o primeiro tempo.

As boas atuações dos meias Guilherme Costa e Jhemerson, além das passagens dos laterais Pedro Botelho e José Welison foram os destaques. O lateral esquerdo foi o grande destaque do time rubro-negro, foi ele o grande responsável por alçar as bolas na área para os dois centroavantes do time. Foram muitos cruzamentos na área, alguns certos e muitos desperdiçados. Aos 13 minutos, Guilherme Costa mostrou suas credenciais e fez uma bela cobrança de falta, mas o goleiro Jordan colocou para escanteio. Um minuto depois, o árbitro marcou uma falta de André Lima na área em lance que terminou em gol de Pedro Botelho. O Vitória voltou a assustar dez minutos depois, uma bonita tabela entre os meias Guilherme e Jhemerson colocou o lateral-esquerdo na cara do gol, mas ele acertou a trave. De tanto pressionar, o Leão chegou ao gol no fim do primeiro tempo. Aos 43, Guilherme fez um bom cruzamento e Pedro Botelho deu uma cabeçada certeira para abrir o placar.

O Jacuipense voltou melhor no segundo tempo. Logo aos cinco minutos, Brasão chutou forte e empatou o jogo, mas o bandeira marcou o impedimento. Eudair arriscou um chute de fora área, mas sem pontaria, colocou a bola pra fora do estádio, Aos nove, foi a vez do Thiaguinho fazer o cruzamento e Birungueta desperdiçar uma boa chance dentro da área. Aos 12, o atacante Jonatas Belusso cobrou uma falta muito mal isolando, foi o último lance da partida, pois em meio a pressão em busca do empate que o time do interior ensaiava, o jogo foi paralisado aos 14 minutos, pois faltou energia no Valfredão. A partida "voltou" por dez segundos, depois de 18 minutos, mas os refletores voltaram a apagar.

O árbitro da partida esperou a volta da energia no estádio, mas o problema com os geradores do estádio não foi resolvido. Os refletores voltaram a funcionar e apagaram por três vezes. A energia não voltou e o árbitro teve que suspender a partida que terá a continuidade hoje, às 15h, no Valfredão.

O Vitória volta a jogar fora de casa na próxima rodada do Campeonato Baiano. O time de Vagner Mancini vai enfrentar o Jequié no domingo, às 17h, no Waldomirão.

* Sob a supervisão do editor Rafael Tiago Nunes