Qua, 21/02/2018 | Atualizado em: 21/02/2018 às 05h00

Jogaço! Messi acaba com jejum e William broca

Estadão Conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Chelsea e Barcelona ficaram no empate por 1 a 1 ontem, em Londres, no duelo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Willian foi o grande nome do time inglês, martelou e deixou sua marca após três tentativas, mas, do outro lado, o apagado Messi precisou de apenas uma chance para selar a igualdade e dar ligeira vantagem aos catalães para a volta.

Nome garantido na lista de Tite para a Copa do Mundo da Rússia, Willian vinha sofrendo para firmar seu espaço no Chelsea com Antonio Conte, mas foi uma das novidades da escalação de ontem após grande atuação no fim de semana, pela Copa da Inglaterra. E o brasileiro não decepcionou. Ele comandou o ataque londrino e poderia ter saído como herói, não fosse a trave impedir que marcasse em duas oportunidades, antes que finalmente balançasse a rede.

Com a vantagem construída pelo brasileiro, o Chelsea parecia ter o triunfo em mãos, mas bastou uma falha crassa para Messi aproveitar e empatar, marcando pela primeira vez contra este adversário, após oito jogos em branco. Melhor para o Barcelona, que agora pode empatar sem gols em casa, no dia 14 de março, para ficar com a classificação. Ao lado inglês, será necessário uma vitória ou empate superior a 1 a 1.

O Barcelona encerrou o jogo com 68% de posse de bola. Mas sofreu com a boa marcação rival e teve menos finalizações que o Chelsea: 10 para os londrinos, e sete para os catalães. O time espanhol se manteve mais no campo de ataque, mas foi pouco criativo