Seg, 05/02/2018 | Atualizado em: 05/02/2018 às 05h00

Batizado movimenta praça de Cosme de Farias

Jones Araújo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

"Para mim a capoeira é viver o passado de nossos ancestrais, mas também pensar no futuro. O mestre nos motiva a buscar a educação", conta o estudante Igor Cardoso. O jovem é morador de Cosme de Farias, bairro onde atua o projeto Nação Capoeira, que na manhã de ontem promoveu o 'batizado' de cerca de 60 alunos.

"Tiramos as crianças da rua e buscamos integrá-las à sociedade. Tenho alunos na Europa, advogados, contadores e até sargento do exército", se orgulha Mestre Cleber Peti, idealizador do projeto. Elemora na França, mas volta todo ano para participar do evento. Cerca de 200 alunos participam do Nação Capoeira de forma gratuita. "Faço esse trabalho para não deixar as pessoas passarem pelo que passei", diz Peti.

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver