Edição do dia
Qua, 31/01/2018 | Atualizado em: 31/01/2018 às 05h01

Já era hora Kayke brilha e Tricolor broca!

Tiago Lemos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Em noite de pouca inspiração do Bahia, ontem, no Piauí, Kayke saiu do banco de reservas para decidir a partida.

O centroavante entrou na segunda etapa, abriu o placar e deu assistência para o gol de Zé Rafael no triunfo por 2 a 0 sobre o Altos.

Com o resultado, o Tricolor chegou a três pontos na Copa do Nordeste e assumiu a liderança provisória do Grupo C. Botafogo-PB e Náutico ainda vão concluir a segunda rodada amanhã, em João Pessoa.

Em relação aos jogos anteriores, a única evolução do Bahia foi física. A marcação alta funcionou um pouco melhor. Na etapa inicial, porém, os jogadores roubavam a bola, mas não sabiam o que fazer.

Vinícius chegou mais perto de marcar em chute forte de longe, mas Gideão evitou o tento do Esquadrão.

No lance mais trabalhado da equipe comandada por Guto Ferreira, Vinícius inverteu a jogada para Zé Rafael, que encontrou Léo Pelé nas costas da zaga. O lateral cruzou, mas Elton errou o chute.

Nos acréscimos da etapa inicial, o lateral-esquerdo Mena, improvisado na direita, errou recuo e deixou Manoel cara a cara com Douglas. O atacante do Altos bateu mal e perdeu a chance.

No segundo tempo, uma modificação mudou o cenário da partida: saiu Élber e entrou o centroavante Kayke. Com isso, Edigar Junio abriu para o lado direito, e o centroavante de ofício decidiu a partida.

Aos 15 minutos, em contra-ataque rápido, Vinícius lançou para Kayke arrancar em liberdade, invadir a área e bater no canto direito de Gideão para abrir o placar.

No fim do jogo, o centroavante ainda deu assistência para Zé Rafael marcar o segundo. A jogada começou com Léo Pelé no lado esquerdo. O lateral cruzou, Kayke fez o pivô de forma perfeita e Zé fuzilou para balançar a rede: 2 a 0.

"O segundo tempo a gente voltou melhor, tentando ficar com a bola. Fizemos as jogadas ofensivas e, graças a Deus, fizemos os gols", disse Kayke.

Agora, o Bahia volta a focar no Campeonato Baiano. Neste domingo, o Tricolor vai jogar no interior contra o Jacobina, às 16h.

Pela Copa do Nordeste, o Esquadrão só volta a campo no dia 22 de fevereiro, contra o Náutico, na Arena Fonte Nova.