Sáb, 27/01/2018 | Atualizado em: 27/01/2018 às 05h00

A arte da paquera virtual

Amanda Souza*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A troca de bilhetinhos, fotos 3x4 e olhares misteriosos ficaram no passado da milenar arte da paquera. O mundo evoluiu e as formas de relacionamento idem!

A dificuldade de interação tão característica da modernidade tem atrapalhado o 'olho no olho' e levado as pessoas a buscar outras através da internet. Para a psicóloga Cláudia Santos, "questões de fobia social e depressão fazem com que as pessoas se isolem e busquem uma maneira mais fácil de interagir com as outras".

Partindo desse comportamento social, os aplicativos de relacionamento se tornaram uma verdadeira febre. São diversas opções de apps que 'facilitam' a paquera. Através de uma combinação de fatores, os usuários encontram pessoas que lhe despertam interesse de alguma forma. Seja para um relacionamento duradouro ou sexo casual, as chances de 'dar match' com algum outro usuário são muito grandes.

Apesar da praticidade, esses aplicativos não devem substituir as relações do mundo real. Faça dele um 'quebra galho', não uma realidade recorrente.

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver