Esporte

Qui, 25/01/2018 | Atualizado em: 25/01/2018 às 05h00


Esporte

Sem baile! Em busca do ritmo perfeito

Tiago Lemos
A+ A-

O Bahia venceu, mas não agradou. Na noite de ontem, na Arena Fonte Nova, o Tricolor terminou vaiado após o triunfo sobre o Jacuipense por 2 a 1, pela segunda rodada do Baianão.

A torcida não aprovou a atuação do Esquadrão. O time comandado por Guto Ferreira evoluiu em relação aos dois primeiros jogos do ano, mas apenas o suficiente para quebrar a seca de gols e de triunfos e chegar ao sétimo lugar do Estadual, com três pontos.

O técnico do Esquadrão apostou em Mena e Élber pelas pontas, com o volante Elton na mesma linha de criação, assim como o meia Vinícius. Gregore estreou como primeiro volante e foi bem. Na lateral direita, Nino Paraíba mostrou que busca a titularidade.

O primeiro gol do Bahia aconteceu aos 27 minutos, quando Edigar Junio aproveitou bola no alto para lançar Vinícius em contra-ataque. O armador avançou, driblou o goleiro Jordan e tocou para a rede.

Aos 35, no entanto, Tiago demorou de se decidir, chegou atrasado na disputa com Felipe e derrubou o atacante do Jacuipense: pênalti! Danilo Rios, formado pelo Esquadrão, bateu no lado direito de Douglas - que caiu para a esquerda – e empatou a partida.

Após o vacilo, Tiago correu atrás do prejuízo. No fim da etapa inicial, o zagueiro aproveitou excelente cruzamento de Nino Paraíba para marcar o gol da vitória do Bahia por meio de um belo cabeceio.

Na etapa final, Vinícius, Edigar e Mena perderam boas chances de ampliar o placar.