Qua, 24/01/2018 | Atualizado em: 24/01/2018 às 05h00

Técnico não suporta mais o choro de Lucas

Estadão Conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A situação do brasileiro Lucas parece cada vez mais insustentável no Paris Saint-Germain. Depois de manifestar o seu desejo de deixar o clube em algumas oportunidades, o meia desabafou em entrevista ao jornal francês 'L'Equipe' e manifestou toda a sua chateação pelas poucas chances que vem tendo de mostrar o seu futebol.

"O choque é brutal. Estou muito chateado por não jogar mais. Desde que cheguei a Paris, tinha uma média de 50 partidas por temporada. Não estou feliz", declarou Lucas.

A manifestação de Lucas não comoveu o técnico Unai Emery. "Com todo o respeito que tenho por ele, aqui não é uma opção para ele ter mais minutos em campo. A melhor coisa para ele seria procurar um outro time porque é um grande jogador", disse.