Edição do dia
Qui, 18/01/2018 | Atualizado em: 18/01/2018 às 05h00

Defesa Civil de olho nas rotas do Carnaval

Henrique Almeida
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

redacao@jornalmassa.com

As calçadas e os meios-fios apresentam alguns dos principais problemas diagnosticado pela Defesa Civil (Codesal), em vistoria do circuito do carnaval 2018. É o que afirma a engenheira de segurança do órgão, Rita Jane.

O processo de vistoria da Codesal possui três etapas. A primeira foi realizada em dezembro e foram avaliados toda parte de infraestrutura, iluminação, drenagem, esgoto, telefonia, arvoragem e asfalto. A partir disso, a Codesal enviou relatório para que os órgãos responsáveis pudessem realizar as intervenções necessárias.

Ontem, na segunda etapa, foi realizado nova vistoria no circuito Barra-Ondina para observar o que já foi feito e novas demandas que possam ter surgido. Dando continuidade, hoje será realizada vistoria no Campo Grande e nos bairros que receberão atrações no Carnaval. A última etapa é durante o período carnavalesco, onde haverá postos da Codesal e dos diversos órgãos envolvidos para possíveis reparos que sejam necessários, as irregularidades poderão ser apontados, inclusive, pelos foliões.