Qui, 18/01/2018 | Atualizado em: 18/01/2018 às 05h00

Posse de Cristiane Brasil segue barrada

Das Agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

redacao#jornalmassa.com.br

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, no Rio, voltou a negar negou mais um recurso que tentava liberar a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. Ela foi nomeada para o cargo pelo presidente Michel Temer (MDB), mas teve a posse barrada por decisão da Justiça Federal. Ela continua proibida de assumir o cargo. Desta vez, o juiz federal Vladimir Vitovsky, que está atuando como substituto no TRF-2, negou os embargos de declaração apresentados na segunda (15) pelos advogados da deputada. A decisão de Vitovsky foi tomada na terça-feira (16), mas só divulgada ontem. A deputada pedia que seu caso fosse retirado do juiz da 4ª Vara Federal de Niterói, que determinou a suspensão da posse. Ao negar o recurso, Vitovsky afirmou que esse pedido já havia sido negado pelo próprio juiz da 4ª Vara, ao analisar recurso do governo.