Edição do dia
Ter, 09/01/2018 | Atualizado em: 09/01/2018 às 05h00

Por um verão sem 'cof, cof'

AMANDA SOUZA*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

É normal associar a pneumonia ao inverno. Doenças como esta, em geral, realmente costumam aparecer em tempos mais frios, mas o verão também exige cuidados devido ao clima mais seco.

A peneumonia é uma infecção no pulmão que pode ser causada por bactérias, vírus e fungos. Segundo o pneumologista Guilhardo Fontes, o surgimento da doença "não depende apenas do agente infeccioso, mas também do estado imunológico do paciente".

Ou seja, quanto mais baixa for a imunidade do indíviduo, mais vulnerável ele estará. "Por essa razão, as maiores vítimas da doença são crianças e idosos", explica o pneumologista.

Esta é a doença infeciosa que mais mata no Brasil. Dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) mostram que foram registrados 20.930 casos no estado de internação por pneumonia em 2017, com 2.460 óbitos.

Manter bons hábitos é fundamental para ter um equilíbrio imunológico satisfatório. A criação de uma rotina saudável, com uma boa alimentação e atividades físicas, pode ser determinante para evitar o contágio.

*Sob a supervisão da editora Ellen Alaver