Edição do dia
Sex, 22/12/2017 | Atualizado em: 22/12/2017 às 05h00

A voz do povo é a voz de Deus

Amanda souza*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

"Todo artista tem um sonho". Foi assim que Robyssão começou explicando o motivo da sua saída da banda BlackStyle em 2013. "Naquele momento, eu achei que seria bom dar início à minha carreira solo e evidenciar o nome 'Robyssão'."

Quatro anos depois, o rei do pagofunk está de volta aos vocais da BlackStyle e espera alcançar o mesmo sucesso da sua primeira passagem pela banda.

Apesar do êxito, o cantor assume que foi difícil administrar sozinho o Bailão do Robyssão. "Foram bons momentos, mas chegou uma hora em que a carreira ficou limitada pela sobrecarga de afazeres", confessa. E foi assim que Robyssão uniu o útil ao agradável: aliou a necessidade de uma equipe ao desejo do público de ouvir novamente os sucessos da banda na voz do cantor. E foi assim que decidiu retornar.

Para ele, mesmo com dificuldades, seguir a carreira solo foi a realização de um sonho pessoal e também encorajou outros artistas a seguirem seus caminhos. "Todos têm sonhos, mas muitos têm medo", analisa.

Famosa pelas letras de duplo sentido, a banda BlackStyle volta com a formação que tinha em 2013 e pretende seguir a linha que agradava o público naquela época. Segundo Robyssão, as expectativas para o retorno são as melhores. O primeiro passo é organizar a agenda da banda para atrair a mesma quantidade de pessoas do auge do grupo. Falta pouco para ouvir novamente o famoso "E aí, filha?!". É hoje!

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver