Edição do dia
Qui, 21/12/2017 | Atualizado em: 21/12/2017 às 05h00

Apressado come cru e contaminado!

Amanda Souza*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Os banquetes de fim de ano são, talvez, os mais esperados do ano. As mesas fartas das reuniões de família costumam encher os olhos dos convidados, que aguardam ansiosamente o momento da comilança. O problema é quando, no dia seguinte, o sujeito acorda com aquele embrulho no estômago e pensa: o que eu comi ontem?

Assim como em qualquer ocasião, o preparo das delícias de fim de ano deve ser feito com bastante calma e atenção. A correria na cozinha para dar conta de toda a festa pode contaminar os pratos que serão servidos e causar uma intoxicação alimentar coletiva.

De acordo com o sanitarista Paulo Sallum, os cuidados devem começar ainda no mercado, dando atenção às possíveis alergias e intolerâncias dos convidados, como ao glúten e à lactose. "Fique de olho na composição e nos rótulos dos produtos", alerta.

Para evitar que a festa acabe em dor de barriga, você deve tomar cuidado com a limpeza dos alimentos, como lavá-los em água corrente e deixá-los mergulhados em solução de bicarbonato de sódio, por exemplo. Tem mais dicas. Anote!

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver