Edição do dia
Sex, 15/12/2017 | Atualizado em: 15/12/2017 às 05h00

Mexa as cadeiras!

camila de jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Dança, swing, quebradeira, movimento... tudo isso é a cara da Bahia! Para esquentar ainda mais o verão, que tal conhecer um pouco do twerk?

Segundo a professora Gabriela Chultz, do estúdio Grupo My House, trata-se de uma mistura de hip hop com dança africana. "Os movimentos de quadril vêm da África", revela.

E é essa mexida 'das cadeiras' que faz a diferença. Ainda que meninos e meninas estejam aptos a se remexer, "o fato de valorizar o movimento de quadril inspira mais as meninas", explica.

A prática, assegura Gabriela, beneficia o corpo e a alma. "Como exercício físico, o twerk trabalha condicionamento, força e mobilidade articular, mas esses ganhos são secundários se comparados aos resultados psicológicos. Falo de autoestima e empoderamento", destaca.

A dançarina Gleice Manu concorda. "Por meio dessa dança descobri uma sensualidade que sempre tive e estava escondida pelo machismo", revela.

Ficou com vontade? Calma! É preciso tomar alguns cuidados (veja box abaixo).

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver