Nas Ruas

Qui, 14/12/2017 | Atualizado em: 14/12/2017 às 05h01


Nas Ruas

mão boba Tarados do metrô não têm vez por aqui!

Felipe Santana*
A+ A-

redacao@jornalmassa.com

Quem passou pela Estação Rodoviária do Metrô ou utilizou um dos trens na tarde de ontem, percebeu uma ação inusitada que chamou a atenção dos passageiros durante a viagem até a Estação Mussurunga.

O espetáculo "Há violência no silêncio?" abordava de forma silenciosa uma reflexão sobre a dor e violência vivida pelas mulheres dentro dos transportes públicos, simbolizadas em expressões e experiências corporais. A performance "Deslimites" , faz parte da ação "As Mina no Metrô", que teve como proposta sensibilizar a população para a prevenção e combate ao assédio.

Promovida pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM), a mobilização está incluída na programação dos 21 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres, que reuniu artistas circenses e de dança, representantes do movimento de mulheres e de movimentos sociais. As atividades, surgem com a proposta de abordar os sentimentos e fragilidades das mulheres em situação de violência dentro do transporte coletivo.

De acordo com a secretária de políticas para as mulheres, Julieta Palmeira, abordar o assunto com a população, surge como uma questão importante, principalmente no sentido de simbolizar que em todo o transporte coletivo deve-se combater o assédio. "Os transportes coletivos quando estão cheios ou vazios acontecem esse tipo de assédio e, precisamos ver isso como crime. É inadmissível que as mulheres tenham que passar por esse tipo de constrangimento", disse a secretária.

** Sob asupervisão da editora Meire Oliveira