Edição do dia
Sex, 08/12/2017 | Atualizado em: 08/12/2017 às 05h00

Todos contra o mosquito da dengue

Henrique Almeida
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Para combater o Aedes aegypti é preciso mais que larvicidas. É preciso apoio, comprometimento e envolvimento da escola e comunidade. É nisso que acredita a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que realizou, na manhã de ontem, em Plataforma, ações de mobilização e prevenção contra o inseto que transmite a dengue, chinkungunya e zika vírus.

A ação reuniu cerca de 200 agentes endemias do distrito do Subúrbio Ferroviário e faz parte do projeto verão sem mosquito. Cerca de dois mil agentes endemias participam do projeto verão, que intensifica as inspeções nas escolas, unidades de saúde, hospitais públicos e privados, praças, terreiros de candomblé (mediante cadastramento) e terrenos que apresentam maior vulnerabilidade à ação do mosquito.

O distrito do subúrbio ferroviário possui o maior índice de infestação predial (3,6%), seguido de Pau da Lima (2,9%) e São Caetano/ Valéria (2,9%), segundo dados da SMS.