Edição do dia
Qua, 06/12/2017 | Atualizado em: 06/12/2017 às 05h00

Veredito Dia decisivo para médica

Euzeni Daltro, Franco Adailton, Luana Almeida e Yuri Silva
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Hoje, às 8h, o salão do Tribunal do Júri, no Fórum Ruy Barbosa, Nazaré, será palco do depoimento mais esperado pela Justiça baiana nos últimos quatro anos. Pela primeira vez, a médica Kátia Vargas, 49, processada pela morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, 21 e 23 anos, será questionada em juízo sobre o que aconteceu no dia do acidente.

Após dez testemunhas falarem na sessão de ontem, sendo cinco de acusação e cinco de defesa, a previsão é que a ré seja questionada pela defesa e pela acusação. Mas ela poderá permanecer calada na sessão.

Depois, caberá ao Ministério Público iniciar os debates entre as equipes de acusação e defesa, o que o Tribunal de Justiça (TJ-BA) considera ser a reta final do julgamento. A previsão do TJ-BA é que a sentença seja proferida ainda hoje, após a decisão dos jurados e da juíza Gelzi Maria Almeida de Souza, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

Entretanto, a médica não deverá ser encaminhada imediatamente ao presídio, porque, independente da decisão, recursos ainda poderão ser apresentados – pela defesa e pela acusação.