Edição do dia
Qua, 06/12/2017 | Atualizado em: 06/12/2017 às 05h00

Cadeia longa para tarado assassino

Da Redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O caminhoneiro Ismael de Jesus Morais, 31 anos, foi condenado a cumprir 22 anos e seis meses de prisão em regime fechado pelo estupro e assassinato da vizinha Cassiane Lima dos Santos, 15 anos, em 2014.

O julgamento, que começou na última segunda (4), e durou cerca de 17h, foi concluído na madrugada de ontem. Ele também teria escondido o corpo da adolescente.

O crime foi cometido no dia 27 de novembro de 2014, quando a jovem foi dada como desaparecida. O corpo de Cassiane foi encontrado no dia 2 de dezembro, enterrado nas imediações da BR-101, a 32 km de Teixeira de Freitas. Ismael foi preso no mesmo dia em que o corpo da adolescente foi localizado. A vítima dormia quando foi atacada pelo homem. Ele aproveitou a saída dos pais da garota para entrar na casa e atacar.

Após a prisão do homem, a perícia encontrou fios de cabelos semelhantes aos da vítima no porta-malas do carro que ele usou para transportar o corpo de Cassiane até o local onde a enterrou.