Edição do dia
Qua, 06/12/2017 | Atualizado em: 06/12/2017 às 05h00

Boa forma e boca em ordem

Camila de jesus*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Verão chegando e a galera enlouquece em busca do corpo perfeito. além de se matar na academia, o povo adota dietas 'milagrosas'. Pois saiba que além de mexer com a estética, uma mudança 'brusca' na alimentação pode gerar impactos negativos para saúde bucal, como cáries e mau hálito.

Segundo a dentista Priscila Carvalho, independente do tipo de dieta, os cuidados com a escovação e o uso de fio dental são fundamentais.

A especialista afirma que dietas à base de verduras, legumes e frutas crus podem contribuir com a limpeza dos dentes, por serem alimentos detergentes, "mas não exclui os cuidados com a higiene".

Já as dietas que 'pregam' um tempo elevado de jejum podem causar o mau hálito. "Muitas horas sem comer causam uma reação estomacal. Esta, por sua vez, provoca o mau hálito", detalha.

E se na alimentação faltar vitamina C, prepare-se para sofrer as consequências da falta de colágeno. " Essa deficiência é prejudicial, principalmente, para boca. os resultados são lábios ressacados, língua sensibilizada e até sangramento da gengiva", alerta. então, fica a dica: não acredite em 'milagres'!

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver