Edição do dia
Ter, 05/12/2017 | Atualizado em: 05/12/2017 às 05h00

Travesti é assassinada onde fazia programas

Da Redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A travesti Wesley Figueiredo Coelho, também conhecida como Eduarda, foi encontrada morta com um tiro no rosto. O crime foi cometido na madrugada do domingo, 3, em Porto Seguro.

O corpo de Eduarda foi encontrado na Avenida do Trabalhador. De acordo com o site Radar 64, uma amiga disse que ela costumava fazer programa no local. Uma equipe do Samu chegou a atender a vítima, mas ela já estava sem sinais vitais. Eduarda morava no município de Nanuque, em Minas Gerais, e estava em Porto Seguro há alguns dias. As investigações serão conduzidas pela 1ª Delegacia Territorial da cidade.