Edição do dia
Seg, 04/12/2017 | Atualizado em: 04/12/2017 às 05h00

Aldo é nocauteado mais uma vez

Estadão Conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Em uma noite ruim para os lutadores brasileiros, José Aldo não conseguiu recuperar o título da categoria peso-pena na revanche contra o norte-americano Max Holloway, em combate do UFC 218 realizado na madrugada de ontem, na Little Caesars Arena, em Detroit, nos Estados Unidos.

Max Holloway, que havia nocauteado o lutador manauara no confronto anterior, ocorrido em junho deste ano, no Rio de Janeiro, obteve a vitória por nocaute técnico no terceiro round e manteve o cinturão da categoria no principal campeonato de MMA do mundo.

José Aldo havia conseguido a oportunidade de enfrentar novamente o rival na disputa ao cinturão depois da lesão de Frankie Edgar, mas Max Holloway foi dominante e obteve uma vitória contundente. As únicas derrotas do brasileiro desde 2011 haviam sido justamente para o irlandês Conor McGregor e para Max Holloway.

"Esse cara [José Aldo] é um dos maiores de todos os tempos. Deveria haver estátuas para esse cara no Brasil", disse Holloway, após o combate.