Edição do dia
Sáb, 02/12/2017 | Atualizado em: 02/12/2017 às 05h00

2 de julho Chefe vira herói e salva 20 em desabamento

Henrique Almeida
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Dois minutos: esse foi o intervalo de tempo que separou cerca de 20 funcionários do armarinho Suzi dos escombros. Localizado na Rua do Cabeça, no Dois de Julho, parte da lateral direita do imóvel desabou ontem, por volta das 10:30h. A Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a Defesa Civil (Codesal) estiveram no local. Ninguém ficou ferido.

O armarinho funciona há 33 anos no local e havia passado por reformas há cerca de três anos. Segundo o proprietário do armarinho, Elvison da Silva, momentos antes de parte do imóvel desabar, ele ouviu estalos e percebeu fissuras. No primeiro momento, continuou no estabelecimento. Após os feirantes avisarem sobre as rachaduras na parte externa da parede lateral, resolveu tirar os funcionários do local e fechar o imóvel.

"Dois minutos depois, desabou. Nunca tinha acontecido nada parecido, nem mesmo indícios de desabamento, foi algo repentino. Tínhamos muitos materiais que tinham acabado de chegar para o Natal. Foi tudo perdido" afirmou o proprietário.

A companhia elétrica cortou os fios do local para que os bombeiros pudessem fazer buscas, porém a hipótese de vítimas foi descartada.