Edição do dia
Qua, 29/11/2017 | Atualizado em: 29/11/2017 às 05h00

Tarado matador é preso em Goiás

Da Redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Uma operação conjunta das Polícias Civis de São Desidério e Jataí (GO) cumpriu, ontem, na zona rural do município goiano, um mandado de prisão preventiva contra Manoel Messias Lima dos Reis, que estava foragido há 10 meses.

De acordo com o delegado Carlos Ferro, titular da Delegacia Territorial de São Desidério, Manoel Messias é suspeito de estuprar e matar Lusidalva Rosa Souza. O crime foi cometido em 26 de fevereiro deste ano, no interior da Fazenda Boa Esperança, no povoado de Angico.

Conforme a Polícia Civil, Manoel chegou a ser preso por policiais militares, que o conduziram à Coorpin de Barreiras, mas, como não havia mais flagrante, ele foi ouvido, confessando o crime, e liberado com a promessa de que ficaria à disposição da polícia e justiça. Quando o mandado de prisão preventiva foi deferido, em 3 de março, o criminoso já não foi mais encontrado.

"Foram dez meses de investigações para localizar o Manoel", disse o delegado Carlos Ferro, em nota divulgada pela Polícia Civil. O delegado Carlos Ferro disse também que Manoel não resistiu à prisão, quando abordado pelos policiais baianos e goianos, que aguardaram desde as primeiras horas do dia de hoje pela sua aparição.