Edição do dia
Ter, 28/11/2017 | Atualizado em: 28/11/2017 às 05h00

Fim do ano Com renúncia de Ivã, vai ter eleição na Toca

joão luiz souza
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O Campeonato Brasileiro ainda não acabou, mas o presidente Ivã de Almeida que pediu licença em julho deste ano, entregou a carta de dispensa do cargo, momentos antes da vitória de virada, milagrosa diante da Ponte Preta por 3x2, em Campinas. Por isso, acabou a dúvida que os torcedores rubro-negros tinham: Ivã de Almeida não será o presidente do Leão ano que vem e sim, o Vitória terá eleições no fim do ano.

O artigo 27 do estatuto do clube diz que o presidente em exercício, Agenor Gordilho, tem o prazo de até 48 horas para lançar o edital para a nova eleição. Feito isso, a missão fica nas mãos do presidente do Conselho Deliberativo do clube, Paulo Catharino Gordilho, que tem a missão de convocar as eleições em até 10 dias. Nesse prazo, o Vitória organizará as eleições, como questões de logística e inscrições das chapas.

É bom lembrar que no último sábado, dia 25, os sócios do Vitória votaram e decidiram, por unanimidade, pela abertura do processo contra o agora ex-presidente Ivã de Almeida por gestão temerária.

Ivã nega as acusações. Com a renúncia, ainda não existe posição do clube sobre a continuação do recurso. O presidente Agenor Gordilho poderá se candidatar caso tenha vontade, para isso, o dirigente precisaria renunciar do seu cargo e se candidatar nas eleições.

A diretoria do Vitória está muito focada no fim do Brasileirão. Para preservar o elenco, o clube adota o discurso de empenho total para a partida mais importante do ano. O clube só depende de uma vitória simples no domingo, contra o Flamengo, no Barradão, para garantir sua participação na Série A do próximo ano.