Edição do dia
Seg, 27/11/2017 | Atualizado em: 27/11/2017 às 05h00

Musa Negra Plus Size é oportunidade!

Jones Araújo*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Por trás da troca de roupas e ajustes na maquiagem está a vontade de ajudar homens e mulheres negras da periferia a realizarem o sonho de ser modelos.

É o caso da estudante de educação física Jude Melo, presidente do Movimento Musa Negra, entidade promotora do concurso Musa Negra Bahia, que acontece desde 2014. A edição deste ano aconteceu na tarde de ontem, no Teatro Solar Boa Vista. "São meninas de todo o estado, que vêm da comunidade e nunca estiveram no mercado da moda. Dentro do Movimento elas têm noções de passarela, trabalham autoestima e estudam o empoderamento", conta Jude.

Ao som dos cantores Deco Andrade e Nego David, 46 candidatas desfilaram para a plateia e sete jurados. O destaque da tarde ficou com as concorrentes da categoria Plus Size, nova vertente abordada pelo concurso. "Sou plus e essa é a primeira vez que desfilo, pois só encontrei oportunidade no Musa Negra", revelou Aline Machado, que disputou o título com Joana Flora, vencedora da categoria.

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver