Edição do dia
Sáb, 25/11/2017 | Atualizado em: 25/11/2017 às 05h00

Luta continua Capita doido pela 'Liberta'

JOÃO LUIZ SOUZA
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A conquista da vaga na Copa Libertadores é o maior desejo da torcida do Bahia. Depois da derrota para o Sport, em Recife, o Bahia vai jogar amanhã, contra a Chapecoense, na Fonte Nova, para continuar na luta pela vaga.

Nome de confiança do técnico Carpegiane e da torcida, o capitão Tiago já sentiu o gosto de participar do torneio, em 2016, pelo Atlético MG. Ainda na fase de grupos, o zagueiro marcou o primeiro gol da vitória do time mineiro por 3x0 contra o Melgar, do Peru.

Tiago sabe da importância da Libertadores e encara a chance de voltar a jogar o torneio como um sonho. "É uma competição muito disputada, as melhores equipes da América do Sul. Acho que o sonho de todo jogador é jogar uma Libertadores e ser campeão dela", disse o zagueiro.

O retorno do volante Renê Junior, destaque da equipe no campeonato e que cumpriu suspensão na última partida, é comemorado por muitos torcedores tricolores. Uma vitória contra a equipe catarinense é muito importante, para que o objetivo do time seja alcançado no final do campeonato.

A partida que começa ás 18h e é a última do Bahia na Fonte Nova neste ano. Mais uma vez, a expectativa é de bom público na Arena. O Bahia tem a quarta melhor campanha como mandante da Série A.

"Um jogo muito importante para nós continuarmos sonhando com nosso objetivo. O jogo que é o último na Fonte Nova esse ano. Então é muito importante, um jogo pra gente fechar com chave de ouro a nossa campanha dentro de casa", falou Tiago.

O Bahia tem 49 pontos e está na 10° colocação. Depois da partida contra a Chape, o Bahia enfrenta o São Paulo na última rodada do Brasileirão, no Morumbi.