Edição do dia
Sex, 24/11/2017 | Atualizado em: 24/11/2017 às 05h00

Absurdo Tirou do transporte pra por no bolso

Miriam Hermes e Estadão Conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A Polícia Federal (PF) já mapeou ao menos 4 ex-prefeitos e 12 vereadores da Bahia que tiveram campanhas bancadas por um esquema que desviava dinheiro destinado ao transporte escolar. Todos são alvos da operação Lateronis, deflagrada ontem, em conjunto com a Controladoria-Geral da República.

A reportagem apurou que esses políticos estavam nos cargos entre os anos de 2010 e 2016 e eram cooptados desde a campanha eleitoral com a finalidade de atender aos interesses do grupo criminoso. A PF ainda não divulgou os nomes dos alvos, mas foram realizadas buscas e apreensões nas prefeituras de Ipirá, Itambé, Encruzilhada, Piripá, Formosa do Rio Preto e Cândido Salles.

No caso dos quatro prefeitos que teriam se valido de dinheiro do esquema, todos já não ocupam mais o cargo. Por isso, a operação foi autorizada pela primeira instância. Entre 2010 e 2016, o esquema obteve cerca de R$ 140 milhões em contratos, dos quais teriam sido desviados pelo menos R$ 45 milhões em razão das fraudes apuradas.