Edição do dia
Qua, 15/11/2017 | Atualizado em: 15/11/2017 às 05h00

Reforma Imbassahy deve vazar pro PMDB

Das Agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O ministro da Secretaria de Governo e um dos maiores defensores de Michel Temer, Antonio Imbassahy (BA), estuda sair do PSDB e se filiar ao PMDB, sigla do presidente e dos demais ministros do núcleo duro do governo, Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Eliseu Padilha (Casa Civil).

Segundo informações do portal UOL, ele conversa com a cúpula do PMDB para migrar para o partido. As conversas, no entanto, estão em fase inicial e ainda não há definição sobre a mudança.

Além do racha interno PSDB, pesa a ascensão de seu adversário político na Bahia, sua base eleitoral, deputado Jutahy Júnior, para a disputa do Senado em 2018. Com a migração de partido, o tucano seria remanejado nas mudanças da reforma ministerial do governo.

Imbassahy, cujo ministério é responsável pela articulação política do Planalto, faz parte da chamada "ala Jaburu" do PSDB, que defende Temer e não quer o desembarque.