Edição do dia
Sex, 10/11/2017 | Atualizado em: 10/11/2017 às 05h00

Laudo explica motivo da queda

Da redação
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O laudo pericial sobre o desabamento do Centro de Convenções da Bahia, ocorrido em setembro do ano passado, aponta a falta de manutenção nas estruturas de aço como as causas do acidente. O documento, datado do dia 17 de maio de 2017, foi solicitado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O laudo concluiu que a "falta de manutenção adequada da estrutura proporcionou efeitos irreversíveis na oxidação do aço, o que causou o rompimento da estrutura no local do acidente".

Ainda conforme os peritos, as estruturas que romperam foram duas estruturas de aço que tinham espessura menor do que prevista no projeto original.