Edição do dia
Qua, 08/11/2017 | Atualizado em: 08/11/2017 às 05h01

É agora ou nunca, Leão!

Tiago Lemos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Sem vencer há seis rodadas do Brasileirão e há seis partidas como mandante, o Vitória recebe hoje, às 20h45, no Barradão, o Palmeiras, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A seis partidas do fim da competição, o Rubro-Negro ocupa o 17º lugar com 35 pontos e precisa acabar com seus jejuns para sair do Z-4 o quanto antes e ter tempo de se livrar da degola.

Uma das dúvidas para a partida usa a camisa 16: Juninho. Com dores na coxa, o lateral-esquerdo pode não reunir condições de jogo. Caso fique fora, o titular será o camisa 6, Geferson.

Na ala direita, uma boa notícia: Caíque Sá está recuperado das dores no tornozelo e deve jogar. Com isso, Patric fica como opção no banco de reservas.

O outro problema de Vagner Mancini para escalar o Leão está no setor ofensivo. Neilton recebeu o terceiro cartão amarelo e vai cumprir suspensão. Kieza ainda não se recuperou de um trauma no joelho e não foi relacionado.

Com isso, Carlos Eduardo e José Welison devem brigar por uma vaga. O primeiro deixaria o Vitória mais ofensivo, enquanto o segundo protegeria o meio de campo, que ainda terá o retorno do volante Uillian Correia, após cumprir suspensão. "Temos que acreditar", garantiu Correia.