Edição do dia
Qua, 08/11/2017 | Atualizado em: 08/11/2017 às 05h01

Esquadrão quer voar mais alto!

Tiago Lemos
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O Bahia está praticamente livre da zona de rebaixamento e vive a expectativa de alcançar metas mais importantes no Brasileirão. Para isso, será fundamental vencer o Avaí, hoje, às 18h30, na Ressacada, pela 33ª rodada.

Com 42 pontos, o Esquadrão ocupa a décima posição da Série A, cinco pontos atrás do Flamengo, que hoje ocupa a última vaga do G-7 para a Libertadores – dois últimos postos só garantem participação na fase pré-liminar do torneio.

Além disso, com o próprio Rubro-Negro carioca na briga pelo título da Sul-Americana, e o Grêmio na final da Libertadores, o G-7 pode virar G-9 – se os dois clubes brasileiros forem campeões –, o que aumentaria as chances de Esquadrão se garantir na 'Liberta'.

Sobre a partida de hoje, um ponto favorável para que o Bahia conquiste sua terceira vitória fora de casa no Brasileirão: o Avaí é o vice-lanterna com 35 pontos e não vence há duas rodadas.

O único desfalque do Bahia é o zagueiro Lucas Fonseca, que sentiu a coxa no triunfo sobre a Ponte Preta, no domingo. A ausência não preocupa sobre o rendimento da equipe: o substituto Thiago Martins tem entrado bem quando escolhido pelo técnico Paulo César Carpegiani.

"Estou trabalhando todos os dias para, quando puder entrar, desempenhar um bom futebol e ajudar o Bahia a conseguir os triunfos. Todos estão se dedicando para dar tudo certo", garantiu Thiago Martins.

Sobre o bom momento do Esquadrão, Thiago Martins está confiante. "Um triunfo aqui contra o Avaí, com certeza vamos chegar em casa com a torcida mais do nosso lado, para conseguir os triunfos dentro de casa também", explicou.