Edição do dia
Seg, 06/11/2017 | Atualizado em: 06/11/2017 às 05h00

Kaká se despede com show

Estadão Conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Em partida encerrada no início da madrugada de ontem, Kaká deu adeus ao Orlando City com uma goleada por 6 a 1 sobre Porto Rico, em Orlando, onde pôde se despedir dos torcedores do clube de forma positiva após três anos defendendo a equipe americana.

Na partida, o brasileiro foi o autor da assistência que resultou no gol de Dom Dwyer aos 39 minutos do primeiro tempo, quando o seu time perdia por 1 a 0. Na etapa final, com mais cinco gols, a equipe da casa conquistou o placar elástico.

Grande astro da noite, Kaká foi substituído por Tony Rocha aos 20 minutos do segundo tempo, quando foi aplaudido de forma efusiva pelos torcedores do Orlando City. O astro se emocionou ao deixar o campo.

Após o confronto, Kaká comemorou o papel beneficente do amistoso, cuja renda será revertida em prol das vítimas de furacões que assolaram Porto Rico.

"Para mim, pessoalmente, jogar esta partida foi incrível pela causa envolvendo Porto Rico", ressaltou o jogador de 35 anos.

"Eu acho que todos gostaram do jogo. Foi divertido. Mas não é apenas sobre o jogo de futebol. É sobre pessoas naquele país que precisam da nossa ajuda agora. Nós tentamos fazer o nosso melhor esta noite para ajudar as pessoas", falou Kaká.

O Orlando City foi o quarto clube da carreira do craque, que também vestiu as camisas de São Paulo, Milan e Real Madrid.