Edição do dia
Qua, 01/11/2017 | Atualizado em: 01/11/2017 às 11h45

Uber vence 1º round contra projeto de lei

Erick Tedesco e Leandro Duarte
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

O projeto de lei 28/2017, que trata da regulamentação dos transportes por meio de aplicativos, a exemplo do Uber e Cabify, foi aprovado na noite ontem no Senado, sob intensa discussão e ânimos exaltados - tantos dos parlamentares como de taxistas e motoristas que atuam nas novas plataformas.

O texto base da proposta recebeu 46 votos a favor, 10 contrários e uma abstenção. Com isso, a proposta voltará à Câmara, sua casa de origem, com três emendas para serem analisadas pelos deputados: sobre a retirada do texto da exigência de placa vermelha no veículo; a obrigação destes motoristas serem proprietários do carro usado no serviço; e o ponto que determina a fiscalização no processo de regulamentação da atividade seja feita pelos municípios.