Edição do dia
Qui, 26/10/2017 | Atualizado em: 26/10/2017 às 05h00

Parte 2 Deputados livram a barra de Temer

Das agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A Câmara dos Deputados rejeitou ontem uma segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer (PMDB), desta vez acusado por obstrução de justiça e organização criminosa.

Apesar de conseguir barrar a investigação contra ele, Temer viu reduzir o apoio dos parlamentares e recebeu 12 votos a menos do que na primeira denúncia.

O voto que garantiu a vitória a Temer saiu às 20h35, com o "sim" do deputado Francisco Floriano (DEM-RJ). Ele foi o 158º a votar "sim", e se somou aos 14 ausentes naquele momento para dar vitória ao governo.

Dos 487 deputados presentes na Câmara, Temer recebeu 251 votos favoráveis a ele. Outros 233 deputados defenderam a continuidade das investigações contra o presidente.

Além de Temer, também estão livres de serem investigados os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Eliseu Padilha (Casa Civil).