Edição do dia
Ter, 24/10/2017 | Atualizado em: 24/10/2017 às 05h00

Baixe o som e ouça!

Cleane Lima*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Ouvir som alto por muito tempo pode comprometer a sua audição. Enquanto para alguns diminuir o volume é a solução, para outros não é tão simples assim.

A Perda Auditiva Induzida por Ruídos (Pair) é um processo lento, irreversível e acome te normalmente os dois ouvidos de forma simétrica, basta ficar exposto por muito tempo a sons muito altos. "Quem mais sofre com isso são pessoas que trabalham em locais barulhentos, como indústrias e aeroportos", afirma Dr. José Andrade, otorrinolaringologista do Hospital Aliança.

O especialista explica que, assim como outros órgãos, o ouvido tem uma 'bateria natural' e o excesso de decibeis ocasiona a diminuição da energia produzida por ela. Aos poucos, isso leva à morte das células do ouvido. "De forma gradativa, essas estruturas entram em colapso até que todas estejam mortas, o que resulta em surdez", alerta.

Normalmente, a pessoa não percebe que está ouvindo mal, mas um zumbido pode dar o alerta, seja ele com som agudo ou parecido com o barulho de uma cachoeira. Nessa hora é preciso buscar ajuda médica especializada e adotar outras medidas protetivas.

* Sob a supervisão da editora Ellen Alaver.