Edição do dia
Qua, 18/10/2017 | Atualizado em: 18/10/2017 às 05h00

Barbada Senado devolve o mandato de Aécio

das agências
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Por 44 votos a 26, o Senado derrubou a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que havia determinado o afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato. Com isso, o tucano poderá retomar as atividades parlamentares.

Com base nas delações de executivos da JBS, Aécio foi denunciado pela Procuradoria-geral da República pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa.

Segundo a PGR, o tucano pediu e recebeu R$ 2 milhões em propina da JBS. A PGR afirma também que Aécio atuou em conjunto com o presidente Michel Temer para atrapalhar a Lava Jato.

Desde o início das investigações, o tucano tem negado as acusações, afirmando ser "vítima de armação".