Edição do dia
Sáb, 14/10/2017 | Atualizado em: 14/10/2017 às 05h00

Tragédia Assassinou a ex, o pai dela e se matou

Estadão Conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Um homem matou a tiros a ex-namorada e o ex-sogro, na noite de quinta-feira, 12, e depois se matou, na Região Metropolitana do Recife (PE). Segundo a Polícia Civil, o autor do crime, o fotógrafo Paulo Roberto Correia da Silva, de 30 anos, não aceitava o fim do namoro com Paula Maria de Alencar Régis, 20 anos. O crime está sendo investigado como feminicídio.

O assassinato foi cometido na região de Ipojuca, no Condomínio Enseadinha, que fica na Praia de Serrambi, onde moravam as vítimas. A mãe de Paula, Suzana Régis Alencar Fonseca, de 45 anos, também foi atingida pelo criminoso, mas resistiu. Antes de morrer, o pai de Paula, Ênio Régis, de 58 anos, acionou a polícia.

Segundo o chefe de Polícia Civil de Pernambuco, Joselito do Amaral, o autor do crime se apossou de um revólver e de algemas do seu padrasto, que é sargento da Polícia Militar reformado. "Ele foi até a casa da vítima, onde pede que a ex-companheira, o ex-sogro e a ex-sogra se algemassem, obviamente para matá-los. Acredito que essa tenha sito a intenção, pela narrativa da dona Suzana", diz Amaral.

Com a recusa, Paulo Roberto atirou contra as vítimas e, em seguida, contra si mesmo. Suzana está em estado estável, diz Amaral. "Infelizmente, o autor do crime não pagará sua pena em virtude de ter morrido", completou o delegado.