Edição do dia
Sáb, 14/10/2017 | Atualizado em: 14/10/2017 às 05h00

Sexo todo dia serve até para o coração

Cleane Lima*
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Será que é recomendado fazer aquele rala e rola todos os dias? Segundo a ginecologista Vivian Dórea, não há um número certo de quantas vezes um casal devem transar.

A psicóloga e sexóloga do site de relacionamento C-Date, Carla Cecarello, afirma que se ambos querem, não há problema nenhum em fazer todos os dias", concorda.

Segundo o cardiologista Newton Rodrigues, mesmo não tendo um consenso de que o sexo diminui os riscos de problemas cardíacos, o ato sexual ajuda de forma indireta para a saúde do coração. "A atividade sexual diminui a ansiedade e estresse [fatores que agravam problemas no coração] e, consequentemente, contribuem para a saúde e a evitar doenças coronárias", afirma.

Mas a camisinha deve fazer parte. Carla Cecarello explica que, além de prevenir uma gravidez indesejada e proteger contra DSTs, a camisinha evita que a mulher perca a defesa que há na área íntima. "O esperma é alcalino e a vagina é ácida e o sexo frequente, sem proteção, faz com que a mulher perca aos poucos essa defesa, que age contra fungos e bactéria da região", afirma.

* Sob a supervisão da editora-coordenadora Ana Paula Ramos.