Edição do dia
Ter, 10/10/2017 | Atualizado em: 10/10/2017 às 05h00

Especialista em adulterar veículos

Euzeni Daltro
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

A falsificação e adulteração de sinais de identificação de veículos feitas por Márcio Reis dos Santos, 42 anos, o Bradock, são tão bem feitas que apenas com uma perícia é possível descobrir as fraudes, segundo a polícia. Isso porque os processos eram feitos com base em manuais com os padrões de caracteres usados pelas montadoras dos veículos.

"Ele adultera todos os sinais, vidros e motor. O que ele faz só um perito ou alguém que entende muito de carro para identificar que o veículo é roubado", ressalta Getúlio Barbosa, coordenador de investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

Márcio foi preso em flagrante por investigadores da equipe Jaguar 12, na sexta-feira (6), em um sítio , em Lauro de Freitas.

Com ele, os policiais apreenderam 40 manuais com os padrões de caracteres de veículos de 11 montadoras, além de diversos equipamentos usados nos processo de falsificação e adulteração, a exemplo de pinos para remarcar o número do chassi. Em depoimento à polícia, Márcio disse que comprou os manuais na internet e aprendeu a fraude com um comparsa.