Edição do dia
Ter, 10/10/2017 | Atualizado em: 10/10/2017 às 05h00

Moda? Tomates voam no centro de Sampa

estadão conteúdo
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “ , ” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Imprimir
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo MASSA preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Manifestantes protestaram, na manhã de ontem, jogando tomates em frente ao prédio do Instituto de Direito Público de São Paulo (IDP), na Bela Vista, região central da capital paulista. A entidade, que realizava um evento para lançar um curso de pós-graduação em Direito Eleitoral, tem o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, como um de seus sócios.

Ao longo do dia, o ministro, vários políticos e especialistas ministraram palestras sobre a Reforma Política.

O protesto bloqueou uma quadra da Rua Itapeva, próximo à Avenida Paulista, desde às 8h30 da manhã, segundo a Polícia Militar. Os manifestantes jogaram tomates sobre a calçada, a pista e contra carros de participantes que chegavam ao evento. Apesar da sujeira, não há registro de confusão.

A ação é organizada pelo grupo Tomataço, que diz atuar em defesa da Lava Jato, das Forças Armadas e pela "renúncia de todos os políticos do País".